Humanização na Saúde

0

Humanizar refere-se à possibilidade de uma transformação cultural da gestão e das práticas desenvolvidas nas instituições de saúde, assumindo uma postura ética de respeito ao outro, de acolhimento do desconhecido, de respeito ao usuário entendido como um cidadão e não apenas como um consumidor de serviços de saúde.

Foi realizado na Câmara de vereadores de Macaúbas, no último dia 30 uma abordagem sobre Ética e Humanização com a equipe de Média e Alta Complexidade.

É importante falar sobre o conceito de “humanização” da saúde. Esse tema é bastante conhecido no meio dos profissionais de saúde, principalmente entre aqueles que atuam na atenção primária – na saúde preventiva – e entre os que atuam na atenção terciária – nos hospitais, prestando serviços de internamento, em tratamentos de maior complexidade. Muitos reduzem a humanização a tratar o paciente/cliente de forma educada e cortês, porém creio ser algo mais amplo e complexo do que iss

Humanizar a saúde requer, primeiramente, discutir os conceitos de “pessoa”, “sujeito”, “paciente” ou “cliente”, compreendendo que antes de tudo se está diante de um “ser humano” portador de direitos, desejos, liberdade, dotado de discernimento e possibilidades de escolha.

Estiveram presentes profissionais da UPA, CAPs, Central e Laboratório

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.